", }); });
Sábado, 21 de Maio de 2022
°

-

Dólar
R$ 4,88
Euro
R$ 5,15
Peso Arg.
R$ 0,04
Geral Barra do Garças

Banda da PJC de Barra do Garças se apresenta para Bolsonaro em evento da Funai

Banda da Polícia Civil de Barra do Garças é composta por jovens da etnia Xavante do Vale do Araguaia e músicos veteranos

23/03/2022 às 09h51
Por: Redação Fonte: Assessoria PJC MT
Compartilhe:
Foto: PJC MT
Foto: PJC MT

Assessoria PJC MT

 

O projeto musical desenvolvido pela Delegacia Regional de Barra do Garças participou no último fim de semana de uma apresentação durante a cerimônia de entrega de Mérito Indigenista, realizada em Brasília, pela Fundação Nacional do Índio (Funai).

 

A “Banda da PJC" de Barra do Garças é composta por jovens da etnia Xavante do Vale do Araguaia e músicos veteranos e é regida pelos maestros, o escrivão Marcilon Pereira e regente Simeão.

 

Na ocasião, os integrantes executaram o Hino Nacional Brasileiro e outras músicas ensaiadas pela banda na cerimônia que contou com a participação do presidente da República, do presidente da Funai e demais autoridades homenageadas.

 

Conforme o delegado regional de Barra do Garças,Wilyney Santana Borges, o projeto, coordenado pelo delegado Adriano Alencar, tem como objetivo incentivar os jovens à profissionalização musical e atuar na prevenção ao álcool e drogas.

 

“Foram feitas algumas apresentações em Barra do Garças, inclusive no evento onde a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, esteve presente e lhe foram apresentados os projetos”, informou o delegado regional.

 

Após a apresentação em Barra do Garças, surgiu o convite por meio do coordenador da Funai para a participação do evento em Brasília.

 

O delegado regional disse ainda que vários convites surgiram para apresentações da banda, que mostra o trabalho social desenvolvido pela Polícia Civil na região de Barra do Garças, com ações repressivas e preventivas baseadas na filosofia de Polícia Comunitária.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários