", }); });
Sábado, 21 de Maio de 2022
°

-

Dólar
R$ 4,88
Euro
R$ 5,15
Peso Arg.
R$ 0,04
Geral Investimentos

Governo já repassou 250 máquinas para prefeituras, consórcios e associações

Sinfra-MT realiza outra licitação para repassar mais 275 máquinas.

25/04/2022 às 11h05
Por: Redação Fonte: Sinfra MT
Compartilhe:
Foto: Marcos Vergueiro/Secom-MT
Foto: Marcos Vergueiro/Secom-MT

Guilherme Blatt - Sinfra-MT

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) investiu R$ 142 milhões na aquisição de máquinas que foram repassadas para prefeituras, consórcios e associações. O objetivo é equipar os municípios, para que eles tenham condições de realizar a manutenção das estradas não-pavimentadas.

 

No total, a Sinfra-MT comprou 250 equipamentos, sendo 158 motoniveladoras, 46 pás-carregadeiras e 46 escavadeiras hidráulicas.

 

Além disso, o Governo do Estado realizou pregão eletrônico para aquisição de mais 275 máquinas, sendo 80 retroescavadeiras, 70 motoniveladoras, 50 pás-carregadeiras, 30 escavadeiras hidráulicas e 45 rolos compactadores pé de carneiro.

 

Com exceção dos rolos compactadores, que passarão por novo procedimento licitatório, os outros equipamentos foram adquiridos por R$ 125 milhões.

 

Para o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, a entrega de máquinas é resultado do trabalho de um governo que olha para a estruturação dos municípios. “Precisamos dessas máquinas nas estradas, melhorando a logística de Mato Grosso, não só no escoamento de grãos, mas no direito de ir e vir dos cidadãos, no transporte escolar, no transporte da saúde, das viaturas da segurança pública”, afirmou.

 

A importância dos equipamentos para os municípios é explicada pelo prefeito de Paranatinga, marquinhos do Dedé. A cidade tem quase 5 mil quilômetros de estradas de chão. Só a MT-130, tem mais de 340 km não pavimentados entre a sede do município e sua divisa. “É muito importante esse olhar do governo para os pequenos municípios. Paranatinga nunca teve um governo como esse, que olha para todas as áreas”, afirmou.

 

O mesmo cenário se repete em outras cidades, como Nossa Senhora do Livramento, que tem 1.600 km de rodovias não pavimentadas, ou Campo Verde, com 3 mil km de estradas vicinais. “Isso exige do aparato público uma presença quase em tempo real.

 

Essas máquinas vão facilitar a manutenção da nossa malha viária”, afirmou o prefeito de Campo Verde, Alexandre Lopes.

“A entrega dessas máquinas é um ganho fundamental. Nossa região tinha dificuldade para cuidar das estradas não pavimentadas. Agora os municípios têm uma mão para cuidar, cada vez mais, dos municípios e o consórcio cuidar das estaduais. É uma iniciativa que vai funcionar. O Governo Mauro Mendes está de parabéns por cuidar e acreditar nos consórcios”, disse a prefeita de São Félix do Araguaia, Janailza Tavares.

 

No momento da retirada dos equipamentos, os operadores das máquinas recebem orientações sobre a manutenção preventiva, corretiva e as garantias, assim como o funcionamento do painel e modos de operação.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários