", }); });
Sábado, 16 de Outubro de 2021 23:45
66 98150-5448
Geral Crime Ambiental

Mato Grosso recebe reforço da Força Nacional para combater crimes ambientais

Os alertas de desmatamento caíram 60% em julho, mês em que o Estado recebeu apoio do Exército Brasileiro.

04/09/2021 10h26
Por: Redação Fonte: Secom MT
Foto: Christiano Antonucci/Secom-MT
Foto: Christiano Antonucci/Secom-MT

Lorena Bruschi

Secom-MT

 

Após a solicitação do Governo de Mato Grosso, o Ministério da Justiça e Segurança Pública enviará no mês de agosto agentes da Força Nacional de Segurança Pública para combate a queimadas, incêndios florestais, e desmatamento ilegal. O reforço integra a chamada Operação Guardiões do Bioma, deflagrada pelo Governo Federal para proteger o Bioma Amazônia.

 

O apoio da Força Nacional se soma aos esforços de todos os órgãos que trabalham em conjunto neste período de estiagem. A secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, avalia que esta é uma parceria que vai dar continuidade ao trabalho bem-sucedido de combate aos crimes ambientais que começou em julho, com o apoio do Exército Brasileiro à Operação estadual Amazônia.

 

“O reforço da Força Nacional é importantíssimo para Mato Grosso. Contribuiu muito quando esteve no estado no mês de julho, onde alcançamos uma redução de 60% nos alertas de desmatamento em comparação com o mesmo mês do ano passado, intensificando a fiscalização nos municípios que mais desmatam. A expectativa é de que este trabalho conjunto possa nos auxiliar a combater de modo ainda mais efetivo o desmatamento ilegal, os incêndios florestais, e a implementar a política de tolerância zero com os infratores", explica.

 

A portaria foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (03.09) estabelece que os agentes empregados nas ações atuarão também em “atividades de defesa civil, defesa do meio ambiente e nos serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade [segurança] das pessoas e do patrimônio”.

 

O quantitativo de efetivo que virá para o Estado, bem como os locais em que serão realizadas as intervenções ainda serão definidos de modo estratégico. O governo federal também enviará reforços para o estado da Amazônia, que também detém em seu território a Amazônia Legal.

 

Em Mato Grosso, o desmatamento ilegal e incêndios são combatidos o ano todo, com investimentos de R$ 73 milhões.O Estado autua infratores, apreende maquinários, e monitora em tempo real por meio do Sistema de Monitoramento por Satélites Planet toda a alteração de vegetação no território estadual.

 

O uso do fogo em áreas rurais segue proibido para qualquer finalidade em todo o território de Mato Grosso até 30 de outubro de 2021, conforme o decreto estadual  nº 938/2021. O uso do fogo em áreas urbanas é proibido o ano todo.

 

A portaria ministerial nº372 pode ser acessada CLICANDO AQUI.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (17/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Segunda (18/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °