", }); });
Sábado, 04 de Dezembro de 2021 22:42
66 98150-5448
Geral Política

Neri visita prefeitos do Araguaia e Nortão, recebe apoio e garante que candidatura ao Senado não depende de Bolsonaro

Segundo apoiadores de Neri, mais de 90 prefeitos já declararam que estão juntos em seu projeto para a próxima eleição.

19/11/2021 10h09
Por: Redação Fonte: Agência da Notícia
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Agência da Notícia

O deputado federal Neri Geller (Progressistas) aproveitou o fim de semana prolongado para se reunir com prefeitos da região Norte e Araguaia. Além de entregar maquinários em alguns municípios, ainda recebeu apoio de diversos prefeitos para a disputa de 2022 rumo ao Senado. 

Segundo apoiadores de Neri, mais de 90 prefeitos já declararam que estão juntos em seu projeto para a próxima eleição. Segundo o deputado, os prefeitos que o receberam ainda fizeram ato no período noturno e todos manifestaram apoio aos trabalhos.

"Não é um trabalho forçado. É nosso trabalho que está sendo abraçado pelos gestores. Nós trabalhamos por Mato Grosso inteiro. Sabemos onde e quais são as necessidades. Estamos indo na ponta, falando, ouvindo e entregando máquinas, que são frutos de nosso trabalho. Por isso, agradecemos o empenho e apoio dos prefeitos que já se manifestaram positivamente ao nosso projeto", disse Neri ao Olhar Direto.

No fim de semana, enquanto o principal opositor de Neri, o senador Wellington Fagundes (PL), lidava com a filiação desfeita por Bolsonaro, o deputado federal estava no trecho com agendas em Apiacás, Nova Monte Verde, Nova Canãa do Norte, Carlinda, Peixoto de Azevedo, Guarantã do Norte, Novo Mundo, Alta Floresta, Matupá e no Araguaia em Araguaiana, Pontal do Araguaia, Barra do Garças e Torixoréo. 

Segundo mais alguns apoiadores, Neri também recebeu atenção de todos os prefeitos em eventos organizados por ele. Quanto à possibilidade de fazer política sem apoio de Bolsonaro, Neri disse que não depende de apoio de presidente para fazer seu trabalho. Segundo Neri, o futuro partido do mandatário do país pouco interfere em seu projeto para o próximo ano, apesar da popularidade dele no Estado.

​“Estava uma tendência para vir para o PP. Eu nunca comemorei, acho que é natural o PP é um partido de que dá sustentação ao Governo. Agora, eu não faço política olhando para quem vem para o partido, faço política trabalhando e não estou preocupado com filiação. Logicamente que aqui no Estado o presidente é forte, mas nós temos moral para falar que quem ajuda o Governo Federal nas votações no Congresso Nacional é o Partido Progressista. Então, hoje sou muito tranquilo com relação a essa filiação. Talvez eu tenha sido um dos parlamentares mais ativos para ajudar o presidente Bolsonaro, agora a afiliação dele eu não faço de cavalo de batalha, se for para eu me projetar politicamente vai ser em cima do trabalho”, disse o deputado.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (05/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Segunda (06/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °