", }); });
Terça, 18 de Janeiro de 2022
°

-

Dólar
R$ 5,52
Euro
R$ 6,30
Peso Arg.
R$ 0,05
Geral Covid-19

“Temos 600 mil doses em estoque; negacionismo cria distorções”

Secretário revela que baixa procura pelo imunizante quase deixa estoque em “colapso”.

27/12/2021 às 09h51
Por: Redação Fonte: Mídia News
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Cíntia Borges – Mídia News

 

O secretário de Saúde do Estado, Gilberto Figueiredo, revelou que o estoque de vacinas contra a Covid-19, a Pfizer, está superlotado. São mais de 600 mil doses, que deveriam ser distribuídas, mas devido a baixa procura estão em poder do Estado.

 

O imunizante da Pfizer tem recomendação para ser armazenado em congelamento de -60ºC a -90ºC. 

 

Mato Grosso tem 67,8% da população vacinável – acima de 18 anos – com a imunização completa. No entanto, segundo o secretário há cerca de 900 mil pessoas que tomaram apenas a primeira dose ou nenhuma dose.

 

“É um número substancial, e em um momento que temos vacinas para todos os públicos. Estamos colapsando no estoque de vacinas. Chegamos hoje a mais 600 mil estocadas com vacina da Pfizer e com dificuldade porque os municípios não estão fazendo novas solicitações”, afirmou o secretário em entrevista à TV Vila Real.

 

Figueiredo apontou que a “distorção” - em ter muitas vacinas em estoque, em meio a uma pandemia - se dá ao negacionismo da população.  

 

“Esse negacionismo quanto a importância da vacina cria essas distorções no nosso estado. [...] É triste que agora, que a vacina está nessa condição, temos um contingente muito grande da população que não estão procurando os postos de vacinação”, disse o secretário.

 

Segundo o secretário, o Ministério da Saúde suspendeu o fornecimento de novas doses aos Estados até o dia 6 de janeiro. Se não fosse isso, o Estado teria que negar novas doses. 

 

“Se o Ministério da Saúde não suspendesse o fornecimento teríamos problema de armazenamento”, revelou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários